domingo, 18 de setembro de 2016

Ministério suspende, por tempo indeterminado, leilão de terminal do Porto do Recife


Suspenso, por tempo indeterminado, o leilão de arrendamento do Terminal Marítimo de Passageiros (TMP), área e infraestrutura públicas para a movimentação de passageiros, localizado dentro da área do Porto do Recife. O Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil apontou como justificativa, um ajuste no edital com o objetivo de atender melhor à demanda atual.

A medida foi anunciada por meio de uma nota oficial. Segundo o documento, técnicos do ministério teriam diagnosticado a necessidade de aperfeiçoamento dos estudos e obras de dragagem dos canais de acesso ao porto e, essas mudanças deverão agregar valor ao empreendimento e fomentar a concorrência entre os agentes do mercado.

Confira o documento na íntegra:
O Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil informa que o leilão de arrendamento de área e

Guindaste impulsiona movimentação no Pecém



Diferente do que vem ocorrendo em outros portos do Brasil, que vêm apresentando redução no volume de cargas, a expectativa é de que o Porto do Pecém registre crescimento de 20% na movimentação de contêineres neste ano, superando os 180 mil TEUs movimentados em 2015. Entre os fatores para este crescimento está o início das operações dos novos guindastes da APM Terminals, empresa do grupo dinamarquês Maersk que investiu R$ 100 milhões no Porto do Pecém neste ano.

>Marinha ainda não liberou novos berços do Pecém.

"O Porto do Pecém está na contramão do País", afirma Ricardo Arten, diretor superintendente da APM Terminals no Brasil. Apenas em junho, quando os dois novos guindastes do tipo STS (Ship to

Corte de vagas virou rotina do Estaleiro Atlântico Sul

Somente a Indústria de Transformação fechou 6.825 vagas.


Filas de desempregados no lugar que foi símbolo do desenvolvimento do Brasil e, sobretudo, do Nordeste. O Complexo Industrial Portuário de Suape - onde se instalaram o Estaleiro Atlântico Sul, a Refinaria Abreu e Lima e o Polo Petroquímico e Têxtil - passou rapidamente dos números superlativos de um grande centro de desenvolvimento, para onde foram atraídos milhares de trabalhadores, aos dramáticos números de cortes de mão de obra.

Em 2015, o município de Ipojuca, onde o Complexo está inserido, foi o campeão do desemprego no Brasil, com o encerramento de 28 mil vagas em 12 meses, segundo dados do Cadastro Geral de

terça-feira, 26 de julho de 2016

Empresas demitem mais antigos para reduzir a folha de salários.



Cortando funcionários mais antigos e reduzindo a remuneração paga aos recém-contratados, o mercado formal continua fazendo um ajuste forte sobre os salários. Entre janeiro e maio, o volume de desligamentos entre os trabalhadores que estavam entre um e dois anos e há mais de dois anos no emprego avançou 5,8% e 7%, nessa ordem, sobre igual período de 2015, um total de 547 mil pessoas. Dentro do recorte, essas foram as únicas categorias em que o número de demissões cresceu neste início de ano. No total, elas caíram 17,3% em relação ao ano passado, somando 6,6 milhões.

O saldo do Caged tem repetido resultados negativos porque o volume de admissões vem recuando ainda mais - 20,5% nos primeiros cinco meses do ano, 6,3 milhões - e, assim, não tem sido suficiente para repor as vagas que são fechadas. É essa combinação que tem feito o emprego com carteira assinada encolher desde o ano passado. Em maio, ele retrocedeu ao nível de 2012, 39,2 milhões.

sexta-feira, 10 de junho de 2016

MRS realiza operação inédita com contêineres na ferrovia

Maior composição da companhia transportou 85 unidades de Santos até São José dos Campos.


A operadora de carga ferroviária MRS realizou, no mês de maio, uma operação inédita com contêineres transportados por trens. Uma composição circulou com 85 unidades, o equivalente a 90 TEUs, pela rota que liga Santos ao Vale do Paraíba, no estado de São Paulo.

Os contêineres saíram da Santos Brasil, no Porto de Santos, carregados de sucata de alumínio e insumos para a fabricação de produtos químicos. De lá, foram levados até o terminal da Cragea, em

Centro de Treinamento para Transporte Aéreo de Cargas Especiais

Certificada pela Anac, escola vai formar colaboradores da empresa e oferecer programas para o mercado, clientes e parceiros.


A Modern Logistics divulgou, neste mês de junho, que seu Centro de Treinamento para Transporte Aéreo de Cargas Especiais já está autorizado a funcionar. A base do centro será em Jundiaí (SP), mas a escola poderá oferecer também programas in company. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) certificou o novo centro para oferecer cursos em todas as categorias de artigos perigosos existentes. Ao todo, entre os cursos iniciais e de atualização, serão 26 programas, oferecidos com cargas horárias que variam de oito a 40 horas.

São consideradas cargas especiais no transporte aéreo todas que demandam cuidados adicionais, como animais vivos, restos mortais, perecíveis, cargas de alto valor ou particularmente vulneráveis e

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Antaq expede Resolução Normativa sobre exploração dos portos




A Agência Nacional de Transportes Aquaviários – Antaq publicou a Resolução Normativa nº 7, que aprovou a norma regulamentadora da exploração de áreas e instalações portuárias sob gestão da administração do porto, no âmbito dos portos organizados, que é o bem público construído e aparelhado para atender a necessidades de navegação, de movimentação de passageiros ou de movimentação e armazenagem de mercadorias, e cujo tráfego e operações portuárias estejam sob jurisdição de autoridade portuária.
Um dos pontos de destaque da norma é a possibilidade da unificação dos contratos. Assim, a Resolução, em seu art. 3º, parágrafo único, dispõe que se for o caso, poderá haver a unificação de contratos de arrendamento independentes, celebrados entre a administração do porto e um mesmo arrendatário, devendo o processo respectivo abranger o reequilíbrio econômico-financeiro e o prazo de encerramento contratual unificado.

terça-feira, 7 de junho de 2016

Sustentabilidade Socioambiental é foco de seminário realizado por Suape




Por Jéssica Lima
Com 59% do seu território de 13,5 mil hectares destinados à preservação ambiental, o Complexo Industrial Portuário de Suape realizou mais um seminário com foco nos três pilares da sustentabilidade (social, econômico e ambiental). O evento que aconteceu na última quinta-feira (2/6), marca a semana mundial do meio ambiente que é comemorada no Brasil até o próximo domingo (5/06). Este ano, o evento abordou o tema “Sustentabilidade Socioambiental: Desafios e Perspectivas para Suape” e contou com palestrantes do setor público e privado especialistas no assunto no cenário local e nacional. O destaque ficou por conta da presença da jornalista Rosana Jatobá especialista e mestre na área de Sustentabilidade. Mais de 150 convidados entre estudiosos, acadêmicos e profissionais do setor marcaram presença no hotel Vila Galé Eco Resort do Cabo, na Praia de Suape.

EM TRÊS OPERAÇÕES, PORTO NOVO ENVIA MAIS DE 20 MIL CABEÇAS DE GADO A TURQUIA


Pela terceira vez no ano, o Porto Novo opera o embarque de gado vivo com destino internacional. Na tarde desta quinta (2), foram enviadas a Turquia 9,8 mil cabeças de gado. Desde a regulamentação da Ordem de Serviço m° 02/2016, as operações de carga viva devem ser mais ágeis.
Em abril e maio deste ano, também ocorreu o transporte de carga viva. A última operação levou a Turquia mais de cinco mil cabeças de gado. O navio-curral Kenoz tem 182 metros de comprimento e bandeira do Panamá. Com as três movimentações, em 2016, serão mais de 20 mil cabeças do animal exportadas.
A Superintendência do Porto do Rio Grande (Suprg) estabeleceu medidas, para que as operações não interferissem nas demais atividades da zona portuária. A determinação, que a embarcação chegue ao cais público do Porto do Rio Grande com currais e porões limpos, sem resíduos e sem carga viva a bordo, são importantes para evitar antigos problemas com odores, que atrapalhavam o cotidiano dos moradores dos bairros próximos ao Porto. As operações, em 2016, devem ser completadas em no máximo 48 horas

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Embaixador da Argentina de olho em Suape




O diretor de Gestão Portuária, Paulo Coimbra, e o coordenador de Relações Institucionais, Sílvio Leimig, receberam, segunda-feira (9/05), o embaixador da Argentina no Brasil, Carlos Magariños, e o cônsul do país no Recife, Jaime Beserman. A visita teve o objetivo de conhecer de perto o Complexo Industrial Portuário de Suape, já que é de interesse do país de prospectar negócios na região Nordeste do Brasil. “Suape é uma grande plataforma que pode ser usada no nosso mercado e Pernambuco é muito valioso por sua localização privilegiada em relação a região e aos grandes empreendimentos instalados aqui”, destacou Magariños. Os diplomatas pretendem ainda articular a vinda de missões empresariais para conhecer o estado.

Fonte: http://www.suape.pe.gov.br